Home Equity ou Crédito Consignado – qual vale a pena?

Leia em 2 minutos
Home Equity ou crédito consignado - qual vale a pena
Está em dúvida entre o Home Equity e o crédito consignado? Conheça os benefícios de cada um e saiba qual a melhor opção

Compartilhar Post

Quando se fala de empréstimo, existem muitas dúvidas com relação ao Home Equity e o Crédito Consignado. Por conta do desespero, a pessoa pode fechar um mau negócio, com taxas altas de juros e prazo curto para pagamento.

Em primeiro lugar, vamos entender as características de cada um.

Qual a diferença entre Home Equity e Crédito Consignado?

Home Equity

A pessoa física ou jurídica dá o imóvel como garantia no processo até que consiga pagar toda a dívida. Porém, o proprietário continua usufruindo do bem. Essa operação está regulamentada pela alienação fiduciária.

Em alguns casos são aceitos imóveis de terceiros, isso facilita o empréstimo para quem não possui um imóvel próprio.

Caso o devedor não pague as parcelas, o credor pode pegar o imóvel para ressarcimento da dívida. Porém, as instituições preferem negociar a dívida para facilitar o processo.

É um empréstimo que possui taxas de juros baixas, justamente por haver uma garantia. Além disso, possibilita pegar uma alta quantia de dinheiro com prazo de pagamento estendido.

O Home Equity está conquistando cada vez mais os brasileiros, principalmente empreendedores que buscam o crédito para expandir o negócio próprio ou até mesmo obter capital de giro.

Crédito Consignado

É uma modalidade de empréstimo pessoal em que as parcelas são descontadas na folha de pagamento, contracheque, holerite ou benefício do INSS. Vale ressaltar que o valor das parcelas não pode passar de 30% da renda.

Quem pode solicitar o crédito consignado?
  • Aposentados e pensionistas do INSS;
  • Servidores públicos (federais/SIAPE, estaduais e municipais);
  • Militares das Forças Armadas;
  • Trabalhadores de empresas privadas.
Desse modo, o empréstimo consignado se divide em:
  • Empréstimo Consignado Privado – funcionários de empresas privadas, que trabalham sob o regime CLT;
  • Empréstimo Consignado Público – Os servidores públicos federais, estaduais e municipais também podem usufruir do crédito consignado. Porém, esse direito pode variar de acordo com o órgão que emprega o funcionário;
  • Empréstimo Consignado INSS – exclusivo para os aposentados e pensionistas que recebem o benefício por meio do INSS.

Assim sendo, o limite máximo da parcela não pode ser maior que 35% do salário do funcionário.

Importante ressaltar que o crédito consignado possui prazo máximo para parcelamento para cada convênio:

  • Aposentados e pensionistas do INSS – até 84 meses;
  • Servidores públicos – até 96 meses;
  • Trabalhadores de empresas privadas – até 60 meses.

Afinal, qual o melhor empréstimo?

As taxas de juros do Home Equity giram em torno de 15 a 18% ao ano (a.a). Já no crédito consignado as médias das taxas de juros são de:

  • INSS – 26% a.a;
  • Privado – 38% a.a;
  • Público – 19% a.a.

Essas taxas são do Banco Itaú, retiradas do site do Bacen (Banco Central) no período de 25/04/2022 a 29/04/2022.

Outra vantagem do Home Equity é o alto valor que pode ser emprestado. Em muitos casos, as instituições disponibilizam até R$ 4 milhões por pessoa para essa modalidade. No entanto, existem exceções que podem conseguir uma quantia maior, ou seja, tudo depende da situação da pessoa.

Já no crédito consignado existe um limite máximo para a parcela, sendo 35% do salário. Portanto, não é possível solicitar uma alta quantia de dinheiro. Além disso, também possui prazo máximo para pagamento, o que também pode ser um empecilho.

Em contrapartida, o prazo para pagamento pode ser de até 240 meses no Home Equity, por isso as parcelas se tornam mais leves e cabem no bolso.

Conclusão

Por fim, o Home Equity possui muito mais benefícios do que o crédito consignado.

Quer mais detalhes sobre esse assunto? Assista o vídeo a seguir:

Tem interesse no Home Equity?

Simule aqui

Subscribe To Our Newsletter

Get updates and learn from the best

destaques

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.