Descubra o que pode reprovar um financiamento imobiliário

Descubra o que pode reprovar um financiamento imobiliário

O que pode reprovar um financiamento imobiliário? Essa é uma pergunta que poucas pessoas fazem, mas que tem um peso enorme na hora de uma operação dessa natureza.

Pois, o financiamento imobiliário é uma ferramenta poderosa, principalmente quando falamos de conquistar a tão sonhada moradia própria.

Mas, se feita sem entendimento, essa operação pode custar para você, algumas noites de sono.

Por isso, descobrir o que pode reprovar um financiamento imobiliário é primordial para que tudo de certo, e assim você possa dormir tranquilamente.

Caso você prefira ver este conteúdo em vídeo:

Garanta a aprovação do seu financiamento imobiliário

Como citei acima, o financiamento imobiliário é uma das ferramentas mais poderosas para aquisição de um novo bem, nesse caso a moradia própria.

Por isso, garantir a aprovação da carta de crédito é mais do que necessária, é primordial, e infelizmente tem gente que atropela essa fase.

A carta de crédito é o documento que comprova a aprovação do crédito em determinado valor. Valor este definido entre você e o banco ou instituição financeira a qual você solicitou o mesmo.

Com ela na mão, você pode procurar e negociar a compra do seu tão sonhado bem.

O que pode reprovar um financiamento imobiliário?

A carta de crédito é um dos passos mais importantes na aprovação de um financiamento, mas a frente vamos ver o que ela é e como ter acesso a ela. Ou, caso você prefira ver um post mais aprofundado sobre o assunto: (Financiamento imobiliário | Entenda o passo a passo)

Agora vamos entender os 4 principais motivos para a reprovação de um financiamento imobiliário, confira:

1. RESTRIÇÃO CADASTRAL

Não é uma lenda, caso seu crédito esteja ruim (o famoso nome sujo), você provavelmente não ira conseguir aprovar o seu financiamento. Isso porque você acaba tornando-se um “perfil de risco” para a instituição.

É muito comum que pessoas tenham dividas em aberto com outros bancos ou intuições financeira, por isso é sempre recomendado que você confira mensalmente o seu Registrato.

E lembrando, caso você esteja compondo renda com alguém, a análise de perfil dessa pessoa também contara para a negociação. seja para negativo ou positivo.

2. RENDA MENSAL

Outro grande motivo para reprovar um financiamento imobiliário, é a falta de ter como comprovar renda, isso acontece principalmente com empresários autônomos.

Caso você seja empresário, precisa estar em dia com a receita federal, comprovando que você realmente tem o rendimento que diz ter, Isso independente se você fara a operação no seu CPF ou CPNJ.

Lembrando que seja como for, você poderá comprometer apenas 35% da sua renda mensal, isso já contando com as suas atuais pendencias financeiras.

3. SCORE DE CRÉDITO

Não cuidar da sua pontuação de crédito, o famoso SCORE.

Score baixo é o terceiro grande motivo para que seu financiamento imobiliário seja reprovado. Isso porque o score é a prova do seu entendimento sobre o mercado de crédito, uma vez que nele são acrescidos pontos segundo as suas operações financeiras.

Duas grandes dicas são: Acompanhe mensalmente o seu score e consuma produtos financeiros da sua instituição. Este ultimo é de suma importância para aumento do seu score.

Confira: O que os Bancos Consultam para a Liberação de um Financiamento Imobiliário? e entenda como funciona essa análise na pratica.

4. MUDANÇA DE ESTADO CIVIL

Pode parece bobo, mas a mudança de estado civil altera completamente o contrato dentro de um financiamento, principalmente quando você esta em meio a uma operação.

Isso é muito comum entre pessoas que financiam imóveis na planta, o que acaba acarretando na mudança contratual e na análise de crédito.

Então, caso você seja uma dessas pessoas, não case ou não separe.

Temos também um vídeo completo falando sobre o assunto: O que você não deve fazer após a aprovação do financiamento imobiliário

COMO EVITAR A REPROVAÇÃO?

Agora que você sabe o que pode reprovar um financiamento imobiliário, vamos entender como evitar que isso aconteça na pratica.

Fique atento pois essa dicas podem salvar a sua operação de crédito.

  • REGULARIZE SEU CPF

Obviamente, o primeiro passo é regularizar sua situação caso você tenha pendencias financeiras.

Você pode consultar no site do SERASA, ou verificar no SISBANCEN, como ensinei anteriormente.

  • MANTENHA A ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA

Essa dica pode parecer simples, porém segundo o IBGE, 68% dos brasileiros estão endividados, isso justamente pelo fato de não saber se organizar financeiramente antes de fazer uma aquisição.

Portanto, entender a sua situação e se preparar para desembolsar um alto valor mensal, é imprescindível.

Existem alguns canais e aplicativos que podem te ajudar nessa batalha como: Me Poupe e Guiabolso.

  • PESQUISE A MELHOR LINHA DE CRÉDITO PARA VOCÊ

Entenda, nem tudo que é bom para seu vizinho, será bom para você. Por isso, entender qual a melhor linha de crédito que se encaixa no seu perfil é primordial.

Seja um financiamento TR, IPCA, Poupança, entender como cada um deles funcionam te fará economizar tempo.

  • FAÇA SIMULAÇÕES DE FINANCIAMENTO

Faça muitas simulações antes de contratar o crédito, afinal, simular é de graça, e no final isso te fará entender qual é a melhor possibilidade para seu perfil.

Esses procedimentos são simples, basta você preencher alguns dados dentro de instituição financeira da sua confiança.

Hoje você pode fazer isso tudo de forma online e sem risco.

Quer fazer uma simulação? Clique aqui.

  • SEPARE A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA ANTECIPADAMENTE

Depois de organizar sua vida financeira, e decidir qual melhor linha de crédito mais se adequa ao seu perfil, é a hora de separar a documentação.

Ter os documentos em mãos te faz economizar tempo e dinheiro. Isso porque uma das partes mais burocráticas e demoradas é a montagem e análise de documentação.

DICA INFALÍVEL QUE TE FAZ ECONOMIZAR TEMPO

Uma dica que todo mundo deveria seguir é: Tire a carta de crédito antes de escolher o imóvel.

A carta de crédito nada mais é do que a aprovação de um determinado valor em cima da sua análise de crédito. Com ela na mão, você pode economizar tempo e dinheiro, além de poder escolher o imóvel que mais te agrada.

Entenda como a carta de crédito funciona na pratica.

Quer tirar a sua carta de crédito? Faça uma simulação gratuita clicando aqui.

Acompanhe outros conteúdos:

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.