Economia brasileira cresce quase 3% em 2022

Leia em 2 minutos
Economia brasileira cresce
Economia brasileira tem um crescimento positivo perante outros países. PIB cresce e inflação está desacelerando

Compartilhar Post

A economia brasileira mostra sinais promissores. O IBC-Br (Índice de Atividade Econômica), conhecido por sinalizar o desempenho do PIB (Produto Interno Bruto), acumula alta de 2,76% no acumulado de 2022 até agosto.

Os números do indicador mostram ainda que a atividade econômica brasileira cresceu 2,08% no acumulado dos últimos 12 meses.

Na análise mensal, o indicador reverteu a sequência de duas variações positivas seguidas ao recuar 1,13% em agosto.

Desse modo, com os resultados, o indicador prevê que a soma de todos bens e serviços produzidos no país alcançou os 143,97 pontos na série dessazonalizada (livre de influências).

Já na comparação anual, o resultado do indicador é 4,86% superior ao apurado em agosto do ano passado.

Nos últimos três meses, o desempenho da economia nacional aparece em um patamar 3,91% superior ao do período compreendido entre março e maio deste ano.

Os dados do IBC-Br são coletados de uma base similar à do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), responsável pelo indicador oficial sobre o crescimento econômico.

No segundo trimestre de 2022, quando a economia brasileira avançou 1,2%, a prévia do BC sinalizou alta de 0,57% no mesmo período.

Ao final de 2022, a economia nacional deve apresentar um crescimento de 2,7%, segundo estimativa da SPE (Secretaria de Política Econômica), órgão ligado ao Ministério da Economia e do Banco Central.

Essas estimativas melhores do que a previsão anterior leva em conta a melhora do mercado de trabalho, o crescimento do setor de serviços e aumento dos investimentos no Brasil.

Lembrando que o Brasil está conseguindo manter uma deflação nos últimos meses, se destacando no mercado mundial.

Brasil consegue conter inflação

Pela primeira vez o Brasil está com o índice de inflação abaixo dos Estados Unidos. Isso mostra o quanto a economia brasileira vem se recuperando positivamente.

Desse modo, O FMI (Fundo Monetário Internacional) elevou sua projeção para o PIB do Brasil neste ano, para uma alta de 2,8% ante 1,7% anteriormente.

Já para 2023, o Fundo cortou sua previsão e espera alta de 1,0% da economia brasileira contra 1,1%.

Subscribe To Our Newsletter

Get updates and learn from the best

destaques

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.