FGTS para amortizar dívidas do crédito imobiliário

Leia em 2 minutos
FGTS para amortizar dívidas de crédito imobiliário
Saiba como utilizar o FGTS para abater dívidas do crédito imobiliário. Entenda quais são os critérios necessários

Compartilhar Post

De acordo com a resolução 1.032/2022, os brasileiros têm até 31 de dezembro de 2022 para usar o FGTS para amortizar dívidas do crédito imobiliário.

No Brasil, mais de 40 mil famílias possuem dívidas referentes ao financiamento imobiliário. Sendo assim, o novo decreto entrou em vigor no dia 2 de maio e possibilita utilizar o FGTS para abater dívidas do crédito imobiliário.

Portanto, o recurso pode ser utilizado em diferentes modalidades de financiamento de crédito imobiliário, inclusive aqueles contemplados no programa Casa Verde e Amarela.

Segundo dados da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), são crescentes os números de inadimplência no Brasil. Em abril, o endividamento chegou a 77,7% de famílias endividadas. Com essa nova resolução, será possível abater até 12 parcelas do financiamento, aliviando a dívida dessas famílias.

Já os dados da Consif (Confederação Nacional do Sistema Financeiro) mostram que 80 mil mutuários de crédito imobiliário estão em situação de inadimplência grave, ou seja, mais de três prestações em atraso.

Como utilizar o FGTS para quitar dívidas do crédito imobiliário?

Quem pretende usar esse recurso, deve procurar a instituição bancária onde fez o financiamento e solicitar a utilização do seu FGTS para abater até 80% de cada prestação, com um limite de 12 prestações em atraso.

Desse modo, é necessário seguir alguns critérios:

  • O solicitante precisa ter três anos de trabalho sob o regime do FGTS, consecutivos ou não. Porém, não é necessário estar com contrato de trabalho ativo.
  • Não pode possuir outro imóvel no município onde trabalha ou tem residência. 
  • Também não pode ter outro financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH). 
  • O valor de avaliação do imóvel deve ser de até R$ 1,5 milhão.

Supondo que o devedor tenha R$ 10 mil depositados no FGTS, então o valor disponível para pagar o financiamento será de R$ 8 mil. Sendo assim, se a dívida de um ano for R$ 16 mil, o FGTS poderá pagar a metade, ou seja, seis parcelas.

Quer saber mais dicas de como amortizar seu financiamento mais rápido? Veja o vídeo a seguir:

Subscribe To Our Newsletter

Get updates and learn from the best

destaques

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.