Fintechs: Como elas estão revolucionando o mercado através da tecnologia e educação

Fitenchs: Como elas estão revolucionando o mercado através da tecnologia e educação

A dez anos atrás seria estranho falar em “empréstimo online”, abrir uma conta no aplicativo ou qualquer uma dessas “modernidades” do momento.

Era difícil pensar em um ecossistema onde os bancos não estivessem a frente das soluções financeiras e tecnológicas do mercado em questão.

Porém, essa matemática tem mudado ao decorrer dos últimos três anos. As fintechs (empresas de tecnologia e finanças) balançam o mercado com sua tecnologia e rapidez nos processos.   

Eu sou Allan Almeida, e no artigo de hoje vamos falar sobre: Fintechs versus bancos, como isso impacta em nossas vidas?

Vamos lá?

Caso você prefira ver em forma de vídeo:

O que são fintechs?

Fintechs são empresas que misturam finanças com tecnologia em seus processos. Fazendo com estes sejam mais eficazes e menos burocráticas.

Elas trazem em seu DNA a educação do cliente como forma de “triagem” e aperfeiçoamento dos processos iniciais de uma negociação.

Exemplos de fintechs:

Nubank – Sem dúvida uma das mais conhecidas do mercado brasileiro. O “banco” digital mais popular entre as novas gerações, atua firmemente na produção de conteúdo escrito por meio de seu blog. Conteúdo este que busca informar/ catequizar seus consumidores, mostrando a relevância dessa conexão com o público.

Neon – Outro banco digital com muita relevância no mercado, atuando no mesmo sentido do Nubank, tem feito muito barulho dentro do cenário nacional.

PicPay – O PicPay sem dúvida é um case de sucesso dentro da educação do cliente. Em 2020 eles investiram em vários canais de Youtubers famosos. Um desses por exemplo foi o canal Felipe Neto, que trouxe vários vídeos dentro de um game (minecraft) relacionados ao PicPay. Essa estratégia se mostrou um sucesso, trazendo números interessantes diante da pandemia.

Seja Best – Obviamente essa não poderia faltar, a Seja Best! Não é porque estamos falando da nossa própria empresa, mas sim sobre a visão que a mesma tem do mercado e da forma como ele tem crescido no momento. A Best investe em educação, trazendo conteúdos em todas as suas redes sociais. Isso tem gerado um impacto positivo, pois além de ajudar o consumir, seus processos foram totalmente melhorados por causa desse olhar do cliente.

Como os bancos estão olhando para o mercado após o BOOM destas?

Os bancos sentiram o baque após essa evolução do mercado financeiro. Apesar destes ainda terem o monopólio quando se fala em “dinheiro”, as fintechs tem sim contribuído para o “medo” destes em se sentirem ultrapassados.

Muitos bancos estão investindo em tecnologia em seus processos, ou até então comprando as empresas que tem essa tecnologia.

Mas ainda assim eles não entenderam que o futuro é a educação dos clientes, por isso independente do seu tamanho, as fintechs tem sim captado uma boa parte desse mercado.

Por que as fintechs são o futuro do consumo de dinheiro online?

Além de toda a busca pela educação do cliente, as fintechs trabalham o que chamamos de “cultura interna”, de uma forma diferente dos bancos. Nelas, o funcionário é o centro do desenvolvimento da empresa e de suas estratégias.

Diferente da maioria das organizações bancarias, onde o lucro é o centro tanto de desenvolvimento quanto de estratégias. Nas fintechs o lucro também existe, porém ele está atrelado com o desenvolvimento humano interno e externo.

Com o que a Best tem contribuído nesse cenário?

Assim como O Nubank, PicPay e Neon, a Best tem buscado o desenvolvimento por meio da educação, quando falamos de consumidores. Afinal, como uma empresa de crédito, ela precisa sempre prezar pela saúde financeira de seus parceiros.

Quando olhamos para o mercado vemos empresas que visão apenas o lucro em cima do endividamento das famílias, principalmente quando falamos das grandes instituições financeiras. A Best não age dessa maneira, por isso o alto investimento em educação, justamente para evitar esse tipo de problema.

Qual é o futuro das fintechs no Brasil?

Altamente promissor quando olhamos para o panorama atual. Porém, também vemos que os bancos se esforçam para compra-las ou incorpora-las, isso numa estratégia desesperada para se familiarizar com a rapidez e as tecnologias que vão nascendo a cada dia.

Gostou de entender mais sobre fintechs? Quer conhecer uma por dentro da operação?

Clique no botão abaixo e faça uma simulação de financiamento ou home equity.

Você também pode conferir nosso conteúdo lá no youtube ou nas redes sociais como: Instagram e Tiktok.

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.