Habite-se: como consultar, porque é necessário, valor e muito mais

Leia em 2 minutos
como consultar Habite-se
Confira como consultar o habite-se, além de saber qual o valor desse documento, porque tirá-lo, valores e muito mais

Compartilhar Post

Está na dúvida de como consultar o Habite-se? Acompanhe a seguir informações detalhadas sobre esse documento.

Em primeiro lugar, o que é Habite-se?

O Habite-se é um documento emitido pela prefeitura que atesta que o imóvel foi construído conforme as exigências legais e que está apto a ser habitado.

Ele é emitido após a conclusão da obra e é fundamental para a regularização do imóvel.

Por esse motivo, a emissão da certidão do Habite-se só é realizada após uma vistoria que vai comprovar que o que foi construído é exatamente o que foi apresentado no projeto aprovado inicialmente com a prefeitura.

O Habite-se também é conhecido como Auto de Conclusão, Certificado de Conclusão de Obra, Alvará de Utilização, Auto de Vistoria ou Carta de Habitação e a nomenclatura vai depender da localidade e órgão emissor.

O Habite-se tem um prazo de emissão de 30 dias, aproximadamente, após a solicitação.

Como consultar o Habite-se?

É possível consultar o Habite-se de um imóvel usando o número da Matrícula do Imóvel em um Cartório de Registro de Imóveis. Também é possível fazer o levantamento da informação na internet.

O morador ainda pode verificar diretamente na prefeitura do município se o imóvel que ele pretende adquirir já possui os documentos referentes à certidão do Habite-se.

No caso de financiamento imobiliário esse documento é essencial, já que é uma forma de ter mais segurança.

Porque tirar o Habite-se?

O Habite-se é necessário, pois mesmo que uma casa esteja concluída e pronta para viver, ela só estará regularizada de fato depois de emitir o Habite-se da mesma.

No caso de uma propriedade que já está construída, a responsabilidade de solicitar o Habite-se é da construtora, que deve realizar a solicitação desde o início da obra.

Já no caso da aquisição de um terreno ou imóvel na planta, o futuro morador deve verificar no cartório o status da averbação, ou seja, o processo de registro da obra que ocorrerá.

Qual valor do Habite-se?

O Habite-se é um documento de custo variável, dependendo da precificação indicada pela prefeitura vigente. Para saber o valor exato da emissão do Habite-se e as outras taxas, entre em contato com a prefeitura da sua cidade.

Habite-se comercial

O Habite-se comercial é utilizado para garantir que o imóvel seja reformado ou construído de acordo com as normas legais do município em que está localizado, e abrange casas, prédios, galpões e salões.  

Sem o Habite-se, um local comercial não recebe o alvará de funcionamento e a Prefeitura tem autorização para interditá-lo.

Além disso, sem a certificação nenhum banco financiará o imóvel para o comprador. 

Existe Habite-se parcial?

Alguns empreendimentos utilizam essa modalidade.

Em grandes condomínios, conforme o edifício vai ficando pronto, cada bloco vai recebendo seu Habite-se. Desse modo, quando tudo estiver concluído o mesmo é finalizado.

Habite-se tem validade?

Esse é um documento que, uma vez emitido, não tem prazo de validade.

Importante ressaltar, porém, que existem algumas situações em que o Habite-se necessita ser renovado. Nos casos de alteração estrutural do imóvel, a fim de atestar a regularidade desse novo projeto.

Quando foi criado o Habite-se?

A necessidade de possuir Habite-se de imóveis foi regulamentada pela Lei 1.172 em julho de 1996, que diz que a Carta de Habite-se é o documento que atesta a conclusão da obra no âmbito do Distrito Federal.

A lei determina multa e sanções em caso de descumprimento, como advertência; autuação de infração; multa; embargo parcial ou total da obra; interdição parcial ou total da obra; demolição parcial ou total da obra e apreensão de materiais e equipamento, nesta ordem.

Você tem interesse em financiar um imóvel?

Simule aqui

Subscribe To Our Newsletter

Get updates and learn from the best

destaques

Previsão inflação 2023

Previsão de inflação 2023

Leia em 2 minutos O Copom divulgou uma nova previsão da inflação para 2023 e 2024. Além disso, o Banco Central não descarta novo aumento da Selic.

IPCA-15 SETEMBRO

IPCA-15 de setembro registra deflação

Leia em 2 minutos Confira o IPCA-15 de setembro, a prévia da inflação divulgada pelo IBGE. Saiba quais grupos tiveram alta e quais reduziram os custos.

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.