IGP-10 de novembro registra deflação de 0,59%

Leia em < 1 minutos
deflação IGP-M
O IGP-10 (Índice Geral de Preços) teve queda de 0,59% em novembro, acumulando taxas de inflação de 5,70% no ano e de 5,55% em 12 meses

Compartilhar Post


O IGP-10 registrou deflação de 0,59% em novembro deste ano. A queda é menor do que a observada em outubro (-1,04%).

Com o resultado, o IGP-10 acumula taxas de inflação de 5,70% no ano e de 5,55% em 12 meses.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede o atacado, passou de uma deflação de 1,44% em outubro para uma queda de preços de 0,98% em novembro.

Segundo a FGV, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede o varejo, e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) tiveram aumentos em suas taxas de inflação.

A inflação do IPC subiu de 0,17% em outubro para 0,67% em novembro, enquanto a taxa do INCC passou de 0,01% para 0,19% no período.

O que é IGP-10?

O IGP-10 é medido com base em preços coletados entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Ele é formado por 60% do IPA-10 (Índice de Preços por Atacado-10), 30% do IPC-10 (Índice de Preços ao Consumidor-10) e 10% do INCC-10 (Índice Nacional de Custos da Construção-10).

Esses indicadores medem itens como bens de consumo (um exemplo é alimentação) e bens de produção (matérias-primas, materiais de construção, entre outros).

Geralmente o IGP-10 é usado nos reajustes de tarifas públicas, contratos de aluguel e planos e seguros de saúde (nos contratos mais antigos).

Subscribe To Our Newsletter

Get updates and learn from the best

destaques

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.