INPC – entenda o que é e para que serve

Leia em 2 minutos
INPC
O INPC é um dos índices que medem a inflação do país, porém ele é focado nas famílias com rendas mais baixas

Compartilhar Post

O INPC é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor, um dos índices que mede a inflação para as famílias mais pobres, com rendimento de 1 a 5 salários mínimos.

O índice oficial da inflação é o IPCA, mas o INPC costuma ser usado para reajustar salários, corrigir o valor da aposentadoria e definir o salário mínimo.

Qual o objetivo do INPC?

O objetivo do indicador é apontar como está o poder de compra da população diante das variações nos preços de produtos e serviços de um mês para o outro. 

De tempos em tempos, o IBGE faz a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) para entender o que a população brasileira consome: arroz, feijão, roupas, material escolar, médico, brinquedos, entre outros.

Desse modo, é com base nos dados da POF que o instituto constrói a cesta de produtos e serviços consumidos pelas famílias a partir das seguintes categorias:

  • Alimentação e bebidas;
  • Habitação;
  • Artigos de residência;
  • Vestuário;
  • Transportes;
  • Saúde e cuidados pessoais;
  • Despesas pessoais;
  • Educação;
  • Comunicação.

Nessa cesta, cada item tem um peso diferente de acordo com a frequência com que é utilizado pelas famílias.

No caso do INPC, gastos com alimentação e bebidas, habitação e transportes têm um peso maior do que outras categorias por serem essenciais e representarem as maiores fatias dentro da cesta de consumo da população.

Com essas informações, o IBGE calcula quanto do rendimento das famílias é usado para consumir esses itens, e de quanto foi a variação nos preços de um mês para o outro.

Se hoje o rendimento de uma família é o mesmo de um mês atrás, mas esse dinheiro já não é capaz de comprar os mesmos produtos que no mês anterior, isso significa que o índice aumentou. Ou seja: o preço dos produtos subiu e o poder de compra da população não acompanhou esse crescimento. 

Quando os preços do arroz, do feijão, do óleo e do gás de cozinha sobem, esse aumento é sentido com muito mais intensidade por uma família com rendimento de até 5 salários mínimos.

Para que é usado o INPC?

O INPC é usado para reajustes salariais em negociações trabalhistas, além de ser o índice utilizado pelo Governo Federal para a correção da aposentadoria e do salário mínimo.

Como o indicador reflete a inflação para a população que é mais vulnerável economicamente, o uso do INPC como base para reajustes acontece para garantir a manutenção do poder de compra das famílias de baixa renda, visando diminuir o impacto que a variação dos preços dos produtos tem sobre os seus rendimentos.

No caso de reajustes salariais, apesar do INPC ser utilizado como base pelos sindicatos em meio às negociações trabalhistas, a alteração nem sempre se concretiza.

Impacto nos investimentos

Basicamente, a inflação é a responsável pela perda e poder de compra, e, consequentemente, o INPC também influencia nos investimentos. No entanto, esta perda tem impacto em várias esferas, desde os mais pobres até faixas de maior poder aquisitivo.

Desse modo, ela afeta investimentos em renda fixa e variável.

Impactos na renda fixa e variável

Na renda fixa, o INPC pode ser importante para quem busca conquistar bons resultados em alguns setores. Algumas aplicações financeiras podem ter remuneração atrelada a ele. Além disso, a taxa afeta a rentabilidade real.

Já na renda variável, o INPC é muito utilizado nas metas do fundo de pensão. No entanto, como ele engloba a cesta básica, ele também afeta investimentos do agronegócio.

Subscribe To Our Newsletter

Get updates and learn from the best

destaques

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.