Startups brasileiras continuam recebendo altos investimentos em 2022

Leia em 3 minutos
Startups brasileiras continuam recebendo altos investimentos em 2022
Startups brasileiras recebem investimentos e país se destaca no mercado de tecnologia e inovação. Fintechs recebem os maiores aportes

Compartilhar Post

Em primeiro lugar, o que é uma startup?

Startup é uma empresa inovadora, repetível e escalável, ou seja, é capaz de entregar o mesmo produto em escala potencialmente ilimitada sem que isso influencie no modelo de negócio.

É importante ressaltar que não se limita apenas ao mundo digital, mas seu modelo de negócio deve criar algo totalmente novo ou adaptar um modelo para uma área onde ainda não é aplicado. Portanto, é exatamente isso que diferencia uma startup das empresas tradicionais.

As startups podem ser:

  • B2B (Business to Business): negócios para negócios, ou seja, atende outras empresas.
  • B2C (Business to Consumer): negócio para consumidor, ou seja, atende o consumidor final.
  • B2B2C (Business to Business to Consumer): são startups que negociam com outras empresas visando uma venda para o cliente final. Por exemplo, o iFood que fecha parcerias com restaurantes para ajudar na venda para os clientes.

Além disso, startups podem atuar em diversos nichos como mercado financeiro (Fintech), saúde (Healthtech), educação (Edtech), alimentação (Foodtech), entre outros.

Startups brasileiras se destacam no mercado de tecnologia mundial

Em 2021, o Brasil se consolidou como uma das nações com maior potencial de desenvolvimento no mercado de inovação e tecnologia. É um país muito relevante nesse ecossistema e por isso está chamando a atenção de investidores do mundo inteiro.

Em 2022, especialistas afirmam que esse setor continuará crescendo no país, já que as instabilidades na economia não devem afetar os investimentos de Venture Capital. Porém, alguns acreditam que os aportes podem ser menos intensos nos próximos meses por conta das eleições presidenciais.

Estima-se que o mercado de Venture Capital vai investir entre US$ 10,7 bilhões a US$ 12,3 bilhões. As fintechs devem seguir recebendo os maiores aportes.

No primeiro trimestre desse ano, as startups brasileiras receberam investimentos de US$ 2,04 bilhões em 167 rodadas de negociação, mais do que no mesmo período do ano passado. Porém, acredita-se que esse ano surgirão menos startups unicórnios do que em 2021.

O que é startup unicórnio?

A partir de 2013, toda startup avaliada em, pelo menos, US$ 1 bilhão passou a ser chamada de unicórnio. A investidora do Vale do Silício Aileen Lee foi quem deu o nome. Vale ressaltar que todos unicórnios preenchem os requisitos básicos como tecnologia, crescimento acelerado e escalável.

Em fevereiro de 2022, o mundo atingiu a marca de 1000 unicórnios que juntos valem mais de US$ 3,2 trilhões.

Startups brasileiras unicórnios

O Brasil possui 16 unicórnios, portanto está entre os 10 países com maior número de startups unicórnios do mundo. Confira a quantidade por país no gráfico a seguir:

Top 10 países com mais startups unicórnios

Fintechs são startups que recebem mais investimentos no Brasil

Hoje temos mais de 1.000 fintechs regularizadas em território nacional. Segundo alguns estudos, 40% dos brasileiros já utilizam serviços financeiros de fintechs. É certo que o brasileiro se adapta facilmente às novas tecnologias e esse é um dos motivos que fazem o país se destacar nesse ramo.

O Brasil ocupa o 4º lugar no quesito adesão e só perde para a China, Índia e Reino Unido nessa classificação. Portanto, a tendência é que os brasileiros se adaptem cada vez mais às novas tecnologias, pois teremos cada vez mais investimentos nessa área.

Em 2021, o setor de fintechs recebeu o maior volume de investimentos no Brasil, com um total de US$ 3,7 bilhões em 176 rodadas.  

Pessoas de todas as faixas etárias já estão se adaptando às fintechs, pois economizam tempo e buscam novas formas de lidar com a vida financeira.

Quando o assunto é reorganizar as finanças, o Home Equity é uma modalidade de empréstimo que está se popularizando cada vez mais.

O que é o Home Equity?

O Home Equity é o crédito com garantia de imóvel que possui juros mais baixos e prazos estendidos para pagamento. É uma excelente opção para quem possui dívidas com juros altos como dos cartões de crédito. A dica é trocar essa dívida por outra com juros mais baixos, assim é possível reorganizar a vida financeira, conseguindo um prazo maior.

Onde fazer o Home Equity?

As fintechs surgiram para facilitar a vida do cliente, pois estão focadas em atender de forma simples e rápida. Além disso, buscam transformar a experiência do usuário com um atendimento personalizado e entregando excelentes soluções.

Aqui na SejaBest temos várias parcerias e por isso conseguimos taxas mais baixas para os nossos clientes. Além disso, oferecemos um atendimento personalizado todos os dias da semana, tirando todas as dúvidas e informando todas as etapas do processo.

Quer fazer uma simulação?

Clique aqui

Subscribe To Our Newsletter

Get updates and learn from the best

destaques

IPCA-15 junho 2022

IPCA-15 registra 0,69% em junho

Leia em 2 minutos O IPCA-15 é uma prévia da inflação oficial. Em junho, o índice apresentou uma alta de 0,69%, acima da taxa registrada em maio (0,59%)

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.